Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Alunos e professor do Campus Ponte Nova desenvolvem aplicativo destinado à gestão pública
conteúdo

Notícias

Alunos e professor do Campus Ponte Nova desenvolvem aplicativo destinado à gestão pública

O “ReportAí” busca auxiliar gestores públicos na resolução de problemas cotidianos reportados pelos cidadãos. Estudantes e docente apresentaram iniciativa na Câmara de Vereadores da cidade.
publicado: 25/10/2019 17h26, última modificação: 25/10/2019 17h26
Exibir carrossel de imagens Crédito da foto: Portal Ponte Nova Online

Os alunos do curso técnico integrado em Informática do Campus Ponte Nova, João Pedro Carvalho e João Victor Baião, desenvolveram, sob orientação do professor Saulo Silva, um aplicativo que deve auxiliar gestores públicos da cidade na resolução de problemas relacionados a descarte irregular de lixo, buracos na pista e placas defeituosas. O aplicativo já está disponível para download nas lojas virtuais de celulares que utilizam o sistema Android

Segundo João Pedro, o aplicativo vem sendo desenvolvido desde fevereiro, quando a equipe se reuniu para as primeiras discussões acerca do projeto. Já no mês de março, a etapa de desenvolvimento começou a ser realizada. 

De acordo com o relatório parcial do projeto elaborado pelos alunos, a ideia inicial é de que o “ReportAí” transforme o usuário em uma "unidade independente de fiscalização", capaz de reportar problemas que eventualmente são observados na cidade. Essas informações, coletadas à medida que os usuários utilizam o sistema, ficam à disposição de gestores públicos para que as providências sejam tomadas. Além disso, o aplicativo também permite que o usuário inclua um pequeno comentário após reportar algum acontecimento. 

Ainda segundo o relatório, a ferramenta funciona a partir de dois pilares básicos, fiscalização e avaliação. Além de fiscalizar e reportar problemas a partir de fotos, o usuário pode também avaliar a qualidade dos serviços públicos prestados. 

Interface do aplicativo visa à objetividade e funcionalidade

Parte prática

O aplicativo permite que o usuário, previamente cadastrado na plataforma, visualize problemas reportados em um raio de 10 quilômetros a partir de sua geolocalização, fornecida pelo sistema de GPS do telefone. O “ReportAí” opera a partir de um servidor de aplicações que está hospedado no Campus Ponte Nova e que conta com diversos sistemas técnicos, utilizados por João Pedro e João Victor para que a comunicação entre cidadãos e gestores seja possível. 

Os alunos, que tiveram suas bolsas suspensas, devido ao contingenciamento orçamentário, e passaram a desenvolver o projeto de maneira voluntária, explicam ainda que não há um limite de eventos que cada usuário pode relatar, porém, no caso de relatos que superem 50 eventos efetuados em menos de um minuto, a conta é automaticamente suspensa. Essa medida visa evitar possíveis ataques ao sistema operacional do aplicativo. 

Segundo os desenvolvedores, os dados dos usuários necessários para cadastro no sistema, como e-mail, CPF e senha, são protegidos por meio de um sistema de criptografia, o que impede que essas informações sejam acessadas por outros usuários. 

Crédito da foto: Portal Ponte Nova Online

Apresentação na Câmara

No dia 10 de outubro, os estudantes e o professor foram convidados por um dos vereadores, que conheceu o projeto em atividades desenvolvidas durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do Campus Ponte Nova, a apresentarem o aplicativo na Câmara de Vereadores da cidade. 

Na sessão especial, o professor Saulo e os estudantes detalharam o projeto e ouviram opiniões dos vereadores. Em geral, segundo os alunos, a avaliação foi positiva e o aplicativo foi bem aceito, sendo que a ideia da Câmara é levar a proposta à Prefeitura da cidade, para que o projeto seja aprovado e, por fim, adotado em caráter oficial. 

Devido à possibilidade de aprovação pela Prefeitura, de acordo com Saulo, o grupo agora trabalha no aperfeiçoamento da versão que fica à disposição dos gestores. “Estamos desenvolvendo ainda um módulo de Análises Geoespaciais. Este módulo, disponibilizará aos administradores uma interface na qual os mesmos poderão visualizar e gerenciar todos os eventos reportados”, explica o professor. 

Para os alunos, apresentar o “ReportAí” para os vereadores foi uma experiência recompensadora. “Foi muito gratificante ter a oportunidade de apresentar um projeto no qual trabalhamos por tanto tempo e que, se aprovado, com certeza contribuirá, e muito, para o desenvolvimento da cidade”, destacaram. 

Por fim, o professor Saulo Silva ressaltou o empenho dos estudantes que, segundo ele, são os principais responsáveis pelo sucesso do projeto até o momento, mesmo com o corte do auxílio das bolsas. "Tenho tido o cuidado de entregar todo o sucesso desse projeto a eles, pois acredito que isso, em tempos onde não temos bolsas de pesquisas disponíveis, seja o grande combustível desses jovens", pontua. 

Como baixar

A versão mais atual do aplicativo já está disponível para download na Google Play, loja virtual de smartphones que utilizam a plataforma Android. Para encontrar o "ReportAí", basta procurar na área de busca da loja. Já para usuários do sistema IOS, os alunos encontram algumas barreiras para a implementação, incluindo o fato de que para que o aplicativo seja disponibilizado nesta plataforma, os estudantes precisam de um computador da Aple, ferramenta não disponível até o momento, por causa do alto investimento.

Segundo João Victor, em caso de aprovação pela prefeitura, o aplicativo deve ser disponibilizado mais rapidamente para usuários de Iphone. “Se adotada pela Prefeitura de Ponte Nova, desejamos disponibilizar esta versão o mais rápido possível”.